Trilhas de aprendizagem: o que são e quais os benefícios?

Trilhas de aprendizagem: o que são e quais os benefícios?

Já falamos aqui no blog um pouco sobre o que é a educação corporativa e a importância dela para o treinamento e desenvolvimento dos colaboradores. Desta vez vamos falar sobre as trilhas de aprendizagem, uma estratégia que vem sendo cada vez mais utilizada nesse tipo de educação.

O que são as
trilhas de aprendizagem?

As trilhas de
aprendizagem podem ser resumidas como um conjunto de ações destinadas ao
desenvolvimento de competências pessoais e profissionais. Trata-se de uma
sequência de atividades que se complementam, levando o colaborador a dominar o
conhecimento sobre determinado assunto.

Essas trilhas
combinam diferentes ferramentas, como vídeos, artigos, aulas e livros, para que
o aluno alcance o resultado desejado utilizando os métodos que considera mais
eficazes para o seu tipo de aprendizado. Todos chegarão a um destino comum, mas
utilizando a metodologia que julgarem mais adequada.

Além disso, o
método se baseia na teoria de competências, unindo conhecimento teórico e
desenvolvimento prático de habilidades e atitudes para chegar ao resultado
final. Isso significa que, com elas, o seu colaborador absorverá o conhecimento
e o colocará em prática durante seu desenvolvimento.

Diferentes
tipos de trilhas de aprendizagem

Dentro das
trilhas de aprendizagem podem ser citadas as trilhas gerais ou específicas.
Enquanto uma trilha geral desenvolve competências e habilidades que podem ser
utilizadas por todos os setores de uma organização, a específica é focada em habilidades
particulares de alguns setores.

Quais são as
características dessa estratégia?

Para ser
considerada uma trilha de aprendizagem, é importante que o processo tenha
algumas características específicas.

A flexibilidade
é a primeira delas e uma das mais importantes. Com a disponibilização de
diversos métodos e ferramentas para o desenvolvimento de determinada habilidade,
o colaborador pode adaptar a ferramenta ao perfil profissional.

Por enfatizar
tanto o momento da absorção do conhecimento quanto a pré e pós-aprendizagem, essa
metodologia oferece ao profissional uma experiência mais completa. Além de
avaliar o colaborador antes e depois do processo, ela foca em meios de colocar
as noções assimiladas em prática.

Com estratégias
e ferramentas que permitem o desenvolvimento contínuo do profissional, isso
permite que os colaboradores continuem fortalecendo habilidades na rotina do
trabalho e se capacitando cada vez mais, gerando melhores resultados para a
empresa.

Quais os
benefícios desse método?

  • Possibilita que o colaborador tenha uma visão mais ampla das competências necessárias
  • Maior rendimento da produtividade
  • Proporciona um ambiente de aprendizagem contínua;
  • Promovem a autonomia do colaborador
  • Permite padrão de qualidade e nivela os conhecimentos necessários na organização.
  • Estimula o autodesenvolvimento, permitindo que os colaboradores tenham autonomia na escolha das trilhas que deseja percorrer;
  • Desenvolvimento de habilidade e competências, aproveitamento dos perfis de trabalho.
  • Potencialização do processo de aprendizagem a partir de diferentes estímulos;
  • Alinham os objetivos da empresa e do funcionário
  • Desenvolvem o profissional de modo mais individualizado

Qual a
diferença entre trilhas de aprendizagem e treinamentos?

Apesar de
compartilharem o objetivo de desenvolver os colaboradores, o treinamento e a
trilha de aprendizagem são diferentes.

Enquanto um
treinamento conta com um roteiro de estudo e aulas pré-elaborado, as trilhas de
aprendizagem permitem que os profissionais possam escolher os métodos pelos
quais vai adquirir determinado conhecimento.

Além disso,
treinamentos são intervenções pontuais que focam em uma habilidade específica
para uma função ou atividade, permitindo a melhora de uma área. Já nas trilhas,
o processo se baseia no aperfeiçoamento constante de competências. A
capacitação oferecida é mais conectada com a realidade de trabalho dos
envolvidos — que desenvolvem competências mais gerais, aplicáveis a diversas
situações.