O que é Gestão do Conhecimento e como iniciar na sua empresa

O que é Gestão do Conhecimento e como iniciar na sua empresa

Gestão do Conhecimento é a forma como compartilhamos nossas experiências e saberes, de modo que sejam úteis para outras pessoas.

Essa é a definição da Gestão do Conhecimento, um tema de grande relevância profissional, que envolve as pessoas no ambiente corporativo.

Toda empresa que objetiva o sucesso só pode alcançar suas metas se investir na capacitação e no desenvolvimento das pessoas que fazem parte de todo o processo de trabalho.

Vantagens da Gestão do Conhecimento

A Gestão do Conhecimento no RH traz inúmeras vantagens para o sucesso da sua empresa. Dentre as principais podemos citar:

  • desenvolvimento da empresa com o conhecimento adquirido;
  • aumento da vantagem competitiva;
  • geração de novos modelos de negócio;
  • melhor aproveitamento do capital intelectual;
  • autonomia da equipe;
  • controle das informações essenciais para o processo produtivo;
  • capacidade para compreender o que precisa ser aprimorado;
  • inovações para a evolução do negócio;
  • melhor uso dos recursos e do conhecimento.

Como aplicar a Gestão do Conhecimento?

Na gestão de RH, algumas práticas podem ser adotadas para produzir, manter, transmitir, compartilhar e usar o conhecimento para, então, atingir metas na empresa. Adote estas práticas:

 Boa unidade de informação

As unidades de informação disseminam dados para o conhecimento aplicado na medida em que as pessoas passam a utilizar a informação para a promoção de estratégias.

A tecnologia traz organização, agilidade e praticidade para lidar com documentos. No setor de RH, as unidades de informação organizam dados dos colaboradores e disponibilizam informações relevantes ao trabalho.

Orientação do gestor de pessoas

O gestor deve exercer a função de mentor. Os colaboradores se sentem mais seguros quando tem alguém que orienta seus trabalhos e cria condições para buscarem o conhecimento e aprimorarem as suas competências e habilidades.

Essa influência garante motivação necessária ao desenvolvimento da cultura na empresa a partir da vontade de cada funcionário para aprender e crescer profissionalmente.

Informação como recurso gerencial

Os conhecimentos produzidos pelos colaboradores de uma empresa são de extrema importância. Porém, as informações precisam ser organizadas, projetadas e gerenciadas de maneira estratégica.

A rápida e exata antecipação de informações, aplicação de técnicas fundamentadas no conhecimento adquirido e troca de opiniões pode ajudar a conduzir uma situação adversa e melhorar o desempenho da empresa.

Gestão de competências

A gestão eficiente permite identificar os treinamentos necessários e distinguir as capacidades ideais para que os colaboradores melhorem o fluxo de atividades e o funcionamento do negócio como um todo.

Dessa forma, é possível a empresa transformar o conhecimento individual em organizacional, investindo em quem realmente pode contribuir, para que haja o compartilhamento do conteúdo adquirido.

4 perguntas para iniciar a Gestão do Conhecimento

1. Qual é a situação atual da empresa?

O levantamento inicial da situação da empresa envolve os colaboradores, a cultura organizacional, os processos, o conteúdo e a tecnologia.

Colaboradores: Descubra quem são os colaboradores e quais as informações que necessitam para a realização do trabalho. Identifique como se conectam e se comunicam no dia a dia e se existe o compartilhamento de informações entre eles. Veja se há grupos fechados que não compartilham conhecimento por motivos políticos ou de relacionamento e como estão organizados os papéis e as funções de cada um.

Cultura organizacional: Identifique se a cultura da empresa favorece o compartilhamento do conhecimento e se esse conhecimento organizacional é visto como um ativo pessoal ao invés de ter somente fins corporativos.

Processos: Saiba quais são os processos principais da organização, as inter-relações entre eles e como se dá o sequenciamento das atividades. Assim, você saberá as divergências entre os procedimentos escritos e a execução real dos processos.

Conteúdo: Imprescindível saber se o conhecimento que existe na organização reflete o estágio atual no setor que atua e quais são as contribuições internas e externas, possíveis e necessárias para o aumento do conhecimento organizacional, além dos procedimentos para reter esse conhecimento.

Tecnologia: Veja se na sua empresa há uma estrutura tecnológica adequada e de que maneira o conhecimento formal está armazenado. Fique atento se existe um plano de manutenção e se os programas, as plataformas e os aplicativos estão atualizados e licenciados.

2. Como posso planejar as ações?

Após identificar qual a situação real da empresa, é possível definir a visão, os objetivos e as estratégias para a Gestão do Conhecimento.

Liste as ações necessárias para identificar e priorizar as fases da implantação. O planejamento das ações deve estar alinhado com o levantamento das informações daquele diagnóstico inicial.

Defina também os responsáveis pela administração desse processo e as atividades que deverão ser realizadas para colocar a Gestão do Conhecimento em prática.

3. Preciso testar o que foi planejado?

Depois de levantar a situação da empresa e planejar as ações, você precisa executar um projeto piloto, com o objetivo de testar a eficácia daquilo que foi planejado e buscar informações detalhadas sobre o projeto.

Trata-se de uma etapa para entender melhor aquilo que se aplica bem ao projeto e o que eventualmente precisa melhorar para colocar a Gestão do Conhecimento em prática.

4. Quais os passos para implementar na empresa?

Primeiro defina os indicadores de sucesso para o projeto, para avaliar e comunicar a implantação do sistema.

Depois, tenha um bom Plano de Comunicação para deixar tudo muito bem alinhado com as pessoas envolvidas na execução do plano.

Em seguida, defina um plano de recompensas, tanto sob o aspecto financeiro, quanto em relação ao reconhecimento público.

Daí implemente um sistema de avaliação e monitoramento para medir a implantação periodicamente e manter sintonia entre plano e execução.

Por último, divulgue os resultados intermediários para promover a motivação da equipe e o engajamento das pessoas envolvidas no processo.

A Gestão do Conhecimento impacta os rumos da empresa com inovações e vantagens competitivas. Integre esse processo à estratégia organizacional da sua empresa. Invista no colaborador como seu capital intelectual. E conte sempre com nossa ajuda para alavancar seu sucesso.