Onboarding virtual de colaboradores e clientes – o que é?

Onboarding virtual de colaboradores e clientes – o que é?

Entenda o que é o onboarding 100% online e se vale a pena sua empresa investir neste processo

Se o mundo já era virtual no início de 2020, agora então estamos ainda mais conectados e o momento exige novos comportamentos, com soluções empresariais ainda mais digitais.

E se a palavra de ordem é distanciamento, podemos utilizar ferramentas que otimizem nossos resultados online e traga ainda mais benefícios para as empresas e seus clientes.

Uma dessas ferramentas é o onboarding virtual. Já ouviu falar? Essa tem sido a principal estratégia das empresas para integrar seus novos colaboradores e, ao mesmo tempo, recepcionar os novos clientes, tudo à distância.

O que é o onboarding virtual?

Onboarding é um termo que vem do inglês e significa “embarque”, ou seja, mergulhar na cultura e no contexto da organização.
O onboarding virtual é o processo de integração de pessoas realizado totalmente pela internet. E pela rede esta recepção fica ainda mais prática. Entenda neste artigo.

O processo do onboarding começa na contratação de um novo talento e na venda de um produto ou serviço a um novo cliente. Essa dinâmica se estende até que o colaborador esteja adaptado à empresa e o cliente esteja familiarizado com a solução.

Existem, portanto, dois tipos de onboarding virtual: de colaboradores e de clientes. Nos dois casos é possível desenvolver o processo à distância, aproximando os novos clientes e colaboradores da empresa de forma ágil e eficiente.

Conheça melhor cada um deles.

Onboarding de colaboradores

O onboarding de colaboradores é um programa de integração que o departamento de Recursos Humanos da empresa realiza para facilitar a adaptação dos novos funcionários à cultura organizacional. Na prática, o RH apresenta a instituição ao colaborador, os métodos de trabalho da empresa, seus valores e objetivos, na busca rápida pela sua máxima produtividade.

Onboarding de clientes

Já o onboarding de clientes é um processo de ativação de novos clientes que o departamento de Marketing da empresa desenvolve para que, nesta recepção, o cliente já conheça e valorize o produto ou serviço adquirido. Nesta fase, o Marketing vai orientar a utilização desta compra e, assim, garantir uma ótima experiência, manter a satisfação e reter o cliente.

Qual a diferença entre o onboarding virtual e o onboarding tradicional?

No processo tradicional de onboarding, a empresa desenvolve de maneira híbrida as boas-vindas dos novos clientes e colaboradores, ou seja, ela combina ações presenciais e digitais.

Por outro lado, o onboarding virtual é conduzido de modo totalmente online.

Por tradição, no ambiente da empresa, os colaboradores costumam ser recebidos pessoalmente pelos gestores e colegas de trabalho e, ao mesmo tempo, recebem orientações e conteúdos por e-mail, whatsapp, enfim de forma virtual também.

E com os clientes o processo é semelhante. A recepção acontece através de reuniões presenciais com os responsáveis da empresa, além da troca de diversas experiências digitais.

Já na versão digital do onboarding, todos os contatos são feitos totalmente pela internet, sem os tradicionais encontros, reuniões e cafés presenciais, nem o deslocamento das pessoas.

O onboarding virtual já estava ganhando certa força com o crescimento do trabalho remoto. Mas a crise gerada pelo novo coranavírus impôs novas regras de distanciamento social à sociedade como um todo e o mundo do trabalho teve que se adaptar ainda mais ao trabalho à distância. Com isso, o onboarding virtual foi adotado pelas empresas de uma vez por todas.

Mas, afinal, vale a pena investir em onboarding virtual?

O trabalho remoto vem ganhando força cada vez mais e provando sua eficiência e economicidade. A redução de custos, combinada com o ganho de produtividade, a flexibilização e a otimização do tempo são vantagens do trabalho remoto que também se aplicam ao processo de onboarding virtual.

Esta é, portanto, a solução ideal neste momento – e quem sabe sempre? – para integrar e motivar os recém-contratados em home office e também para ativar os novos clientes à distância, etapas imprescindíveis para reter os talentos e fidelizar os clientes. Uma solução prática e econômica, sem dúvidas.

Os números falam por si só

Um estudo do coordenador do MBA em Marketing e Inteligência de Negócios Digitais da Fundação Getulio Vargas (FGV), André Miceli, aponta que o “home office”, o popular trabalho em casa, deve saltar 30% após o período de distanciamento social.

Em reportagem do portal Valor Investe de 2020, o especialista ressalta que a adoção emergencial do trabalho remoto foi a principal mudança nas relações de trabalho devido a pandemia e, com isso, as culturas organizacionais e estruturais tendem a mudar. Para ele, a modalidade é um caminho sem volta.

O professor da FGV afirma que as empresas precisarão repensar seus processos internos e acredita que esse modelo de trabalho promove um aumento de 15% a 30% na produtividade do funcionário.

Bom, que a transformação digital vinha se consolidando há algum tempo a gente já sabe. E, com a pandemia, mostra que veio para ficar de vez. E com isso, o processo de onbording virtual torna-se uma ferramenta extremamente necessária e positiva.

Os números sobre o onbording virtual também não mentem. De acordo com uma pesquisa da Glassdoor publicada em 2020 na Sapling, um processo de onboarding eficiente pode aumentar a retenção de novos talentos em 82%.

Sobre o onboarding de clientes, uma pesquisa da Wyzowl publicada em 2020 mostra que 86% dos clientes se tornam mais leais à empresa quando são recebidos com conteúdos educativos e de boas-vindas após a compra.

Por tudo isso, você ainda tem dúvidas de que vale a pena investir em um onboarding virtual para receber seus novos clientes e colaboradores da melhor forma possível e garantir uma primeira impressão excelente?

Os resultados do onboarding virtual

O onboarding virtual precisa ser bem elaborado e aplicado. Se os recém-contratados passarem a se sentir pertencentes à empresa, mostrando empenho e resultados rápidos, e se os novos clientes mostrarem satisfação e mais interesse, é sinal de que o onboarding virtual deu certo.

Pronto para implantar o onboarding virtual em seu negócio?
Veja como a UpBrain pode lhe ajudar em todo este processo.