Microlearning: saiba o que é, seus benefícios e quando utilizar na empresa

Microlearning: saiba o que é, seus benefícios e quando utilizar na empresa

A tecnologia transformou o modo como nos comunicamos, consumimos conteúdo e também, aos poucos, está mudando nossa maneira de aprender. Atualmente, os usuários buscam uma forma de aprender em qualquer lugar e a qualquer momento, sem abrir mão da qualidade. Por isso, o microlearning se torna uma opção cada vez presente na vida das pessoas e pode ser de grande auxílio nas empresas.

Quer saber mais sobre essa modalidade de educação a distância e quais seus benefícios? Basta continuar lendo!

O que é microlearning?

Antes de falar sobre os benefícios do microlearning, é importante saber o que é essa tendência de mercado. Do inglês micro aprendizagem, ele é uma abordagem de ensino que transmite pequenas doses de conhecimento em um curto espaço de tempo.

Da mesma maneira que para construir uma casa é necessário colocar um tijolo por vez, o microlearning tem como objetivo construir um conteúdo complexo através de pequenas partes, em sessões de aprendizagem.

As aulas ou atividades nessa modalidade são realizadas em um período curto de tempo com uma linguagem simples e de fácil compreensão, muitas vezes com o auxílio de recursos multimídia, como vídeos e infográficos.

Justamente por ter um conteúdo rápido, esse tipo de aprendizagem vem sendo o preferido dos entusiastas pelos cursos online, pois é muito mais fácil disponibilizar videoaulas de 3 minutos em uma plataforma EAD do que promover encontros presenciais por um tempo tão pequeno.

Os benefícios do microlearning

Por suas características, o microlearning oferece benefícios não apenas para quem aprende a partir desse método, como para quem o promove.

Para quem ensina, as grandes vantagens são a economia ― já que o conteúdo é menor e exige menos material para a produção ―, a otimização do tempo do produtor que reúne o conteúdo e também a agilidade na produção do material. Também contam como pontos positivos a personalização do material de acordo com o perfil dos profissionais e a facilidade de atualização.

E para quem vai aprender com o microlearning? Rapidez e foco são dois dos pilares desse tipo de aprendizagem, além do acesso rápido, flexível e fácil por meio de dispositivos móveis, como tablets e smartphones. O conteúdo também costuma ser mais direto e atrativo.

Como aplicar o microlearning nas empresas

O microlearning é indicado para algumas situações dentro das instituições:

Contextualização

O microlearning pode ser aplicado em uma empresa que precisa dar uma visão geral de algum tema para uma equipe ou um grupo de colaboradores, sem necessariamente se aprofundar.

Não entendeu? Imagine que sua equipe de marketing precisa entender o conceito de mail marketing, mas não precisa saber de detalhes de atividades e operações que executam.

Para isso, um treinamento de até 3 minutos é uma ótima opção para os colaboradores, dando o contexto necessário para que esse time compreenda as informações necessárias de maneira ágil e simples.

Atualização

Também é interessante aplicar o microlearning na atualização de conteúdo. Na era em que os conceitos mudam com tanta rapidez é preciso sempre se atualizar e o microlearning é uma saída para manter os colaboradores sempre informados.

Conexão

Essa prática também pode ser adotada quando a instituição deseja abordar temas que são de conhecimento geral, mas existe a necessidade de compreensão de alguma etapa intermediária para gerar melhor entendimento desse conhecimento.

Quer um exemplo? Quando uma empresa está aprendendo sobre novas tendências de mercado, mas não conhece alguns termos técnicos dentro da área.

O que você achou da técnica? Se interessou em aplica-la em seu ambiente de trabalho? Boa sorte!